Domingos Freitas

Domingos Freitas, natural de Fafe, iniciou os seus estudos musicais aos 10 de idade, na escola das Bandas Filarmónicas de Fafe, onde permaneceu como instrumentista em Clarinete até aos 17 anos.
Posteriormente ingressou na Banda de Música do Regimento de Infantaria nº6 do Porto, após três anos de permanência nesta Banda, fez parte da Banda Musical da G.N.R onde, foi solista de Clarinete durante a sua permanência.
Sob a regência dos professores e maestros António Gomes, Ilídio Costa, Saúl Silva, entre outros, foi solista de Clarinete nas Bandas Filarmónicas mais conceituadas do País.
É Diplomado pelo conservatório de música do Porto com o Grau Bacharelato e Profissionalizado, em Oboé na Classe dos professores; António Gomes e Saúl Silva.
Como instrumentista em Oboé, integrou os Grupos Corais: Sé do Porto, Igreja da Lapa, Igreja da Trindade, Universidade Católica, Faculdade de Letras, Companhia Portuense de Ópera, entre outros.
Trabalhou durante vários anos com as professoras de Canto: Fernanda Correia e Isabel Malaguerra, também como instrumentista colaborou com a RTP e RDP, onde fez diversas gravações.
Fez parte como Instrumentista das Orquestras da Rádio Difusão Portuguesa, Regi Sinfonia e Clássica do Porto, tendo neste percurso trabalhado com os melhores Maestros da Europa.
Dedicou-se também, à execução de Música de Câmara, Barroca e Contemporânea, nomeadamente no Grupo Música Nova do Porto onde foi executante sob a direção do professor catedrático Cândido Lima.
Fez Master Classe com os professores: Lopes da Crúz, Ferreira da Costa, José Coutinho, Saúl Silva, Lívio Varcol, Andrew Swinnerton, Diethelm Jonas, Thomas Indermuhle, Phillipp Hill.
Participou no Seminário de Aprendizagem de Educação e Ensino Instrumental com o professor Richard Grunouw.
Frequentou Cursos de Direção de Orquestra, Banda Sinfónica e Grupos Instrumentais com os professores António Saiote e Robert Houilihan.
É Maestro e dinamizador de Bandas Filarmónicas, a título de convite, dirigiu as Bandas de Cinfães, Loureiro, Lousada e Freamunde. Como Maestro titular, dirigiu as Bandas de Rio Mau-Penafiel e Vila Boa de Quires-M. Canaveses.
É maestro do Grupo Musical (Tuna) de São Paio de Oleiros-Feira.
Exerceu funções docentes nas Academias e Escolas de Música de Paços de Brandão, onde fez parte do Conselho Executivo, Santa Maria da Feira e Esposende.
Atualmente, exerce funções docentes na Academia de Música de Oliveira de Azeméis e Escola Profissional Artave – Santo Tirso.

 

Trompete

O Trompete é um instrumento de sopro, da família dos metais. É um instrumento de bocal e as pessoas que...
2017-08-29T14:17:27+00:00
Trompete O Trompete é um instrumento de sopro, da família dos metais. É um instrumento de bocal e as pessoas que tocam trompete são chamadas de Trompetistas. O Trompete é um tubo de metal em que no início tem um bocal e no fim tem 

Canto

Desde os primórdios da humanidade encontram-se, através de documentos do Egipto e antiga Mesopotâmia, registos de práticas de canto que...
2017-08-29T14:18:04+00:00
Canto Desde os primórdios da humanidade encontram-se, através de documentos do Egipto e antiga Mesopotâmia, registos de práticas de canto que foram sendo desenvolvidas até aos nossos dias. Através de exercícios e da prática regular de aulas de canto é possível melhorar, cada vez mais, a qualidade 

Violino

O violino é um instrumento musical classificado como instrumento de cordas friccionadas. É o mais agudo dos instrumentos de sua...
2017-08-29T14:18:47+00:00
Violino O violino é um instrumento musical classificado como instrumento de cordas friccionadas. É o mais agudo dos instrumentos de sua família (que ainda possui a viola, o violoncelo, o contrabaixo e a rabeca), correspondendo ao Soprano da voz humana. Possui quatro cordas (Mi4, Lá3, 

Saxofone

O Saxofone, ou sax, é um instrumento de sopro inventado em 1846 pelo belga Adolphe Sax, um respeitado fabricante de instrumentos, que...
2017-08-29T14:19:28+00:00
Saxofone O Saxofone, ou sax, é um instrumento de sopro inventado em 1846 pelo belga Adolphe Sax, um respeitado fabricante de instrumentos, que viveu em França no século XIX. Ao contrário da maioria dos instrumentos populares hoje em dia, que para chegar ao seus formatos actuais foram 

Piano

O piano é um instrumento musical classificado como instrumento de teclado de cordas percutidas pelo sistema de classificação de Hornbostel-Sachs.
2017-08-29T14:20:48+00:00
Piano O piano é um instrumento musical classificado como instrumento de teclado de cordas percutidas pelo sistema de classificação de Hornbostel-Sachs. 2017-08-29T14:20:48+00:00 https://www.amoa.pt/testimonials/piano/